quinta-feira, 27 de outubro de 2011

A Música como expressão artística

Pessoal, segue esse texto acerca da Música como expressão Artística. É bem didático e vale a pena ser conferido. Foi extraído do site Brasil Escola e é de autoria da Pedagoga Jussara de Barros.



"A música é um grande instrumento de divulgação cultural, bem como de propagação, disseminação das ideias e dos ideais dos seus respectivos autores, das mensagens que estes querem divulgar para os ouvintes.
De certa maneira, a música é uma forma de manifestação cultural, pois traz nas letras assuntos variados, mas que fazem críticas aos problemas sociais, cultuam religiões, transpõem o mundo imaginativo de crianças, jovens e adultos, aborda as artes de um modo geral, dentre outros.
Ouvir música não é simplesmente escutar, mas conseguir interpretar suas idéias, a própria melodia, e fazer com que esses conceitos ajudem a formar uma determinada opinião acerca dos assuntos tratados.
Em cada época vemos um tipo de música que se evidencia, onde os problemas sociais e culturais aparecem nas mesmas, de acordo com o tempo vivido.
Nos anos sessenta, o que estava em alta no Brasil era a Bossa Nova, música que trazia um lado romântico, mas que na maioria trazia críticas ao governo da época (ditadura militar). Nos anos oitenta o rock nacional e o pagode passaram a ter grande evidência, o rock deu continuidade às críticas ao autoritarismo, e o samba apresentou toda a malícia dos morros cariocas, dos amores rompidos, etc. Já na década de noventa os ritmos baianos, como os axés, surgiram com forte tendência, valorizando o romantismo numa diferente versão. Os sertanejos também se destacam, retratando a vida do homem do campo e seus amores impossíveis.

Música – forma de esclarecimento social e cultural
É importante ficar atento às letras, pois alguns estilos musicais mais modernos, como o hip hop, ainda conseguem fazer alusões ao mundo social, de forma mais direta e ofensiva. Os funks, que surgiram de uns anos para cá, também retratam o mundo de forma mais radical, mas são grandemente criticados em razão das apologias sexuais que retratam.
À medida que se passaram os anos, a qualidade das músicas brasileiras foi perdendo o lado político-social, retratando mais o estilo despojado de se fazer arte. Com isso, houve grande perda do patrimônio cultural do nosso país, onde vemos grandes artistas sendo desvalorizados, deixando de serem consagrados enquanto profissionais da arte, perdendo espaço para os modismos.
É importante que estudantes tenham contato com o mundo musical, mas que aprendam a escolher composições que tragam acréscimo aos seus conhecimentos, pois usá-las apenas pelo prazer e descontração não servirá muito.
Pelo contrário, aprender a admirar as músicas da MPB ainda é uma ótima opção, e interpretá-las é um exercício que ajudará na compreensão dos textos dispostos nos vestibulares. Pense nisso!"

Espero que tenham curtido.
Até +

Nenhum comentário:

Postar um comentário